Ser Brasileiro em Londres

318
- Anúncio -
Paula Tooths
Paula Tooths – Jornalista, produtora de TV e escritora, autora de quatro títulos publicados no Reino Unido e repórter do Na Pauta Online.

A comunidade brasileira continua expandindo sua influência na capital britanica, fazendo parte de um dos mais recentes grupos de imigrantes que têm chegado no Reino Unido principalmente na última década.

A comunidade brasileira em Londres está espalhada por toda a cidade. Não é raro para quem anda de transporte público ouvir o português brasileiro.

Estima-se que mais de 200 mil brasileiros residem em Londres e outros 80 mil, vivem ao redor do país.Hoje, a maior concentração brasileira encontra-se no bairro de Brent, noroeste da capital, com quase 40 mil registrados.

Dos brasileiros que aqui vivem são:

  • Estudantes 16%
  • Cidadãos Europeus 11%
  • Turistas 10%
  • Residentes 7%
  • Permissão de Trabalho 3%
  • Visto vencido 53%

A falta de visto válido torna muito mais difícil a vida do brasileiro, mas como bom canarinho, sempre há um jeitinho. Limpeza e construção são os trabalhos mais procurados, já que nem sempre documentação é solicitada.

Dos brasileiros residentes, 33% trabalham na limpeza, 28% trabalham em restaurantes, bares e hotéis, 10% são motoristas ou entregadores, 14% trabalham na construção, 3% cuidam de crianças ou idosos, 5% tem outros trabalhos e os 7% restante não trabalham ou vivem de benefícios do governo.

Com uma comunidade em constante crescimento, há um mercado especializado para atender os brasileiros. De meios de comunicação a centros religiosos, de restaurantes, bares e supermercados a centros de estética e centros médico-odontológicos.

Bares, restaurantes e supermercados

Hoje já e possível encontrar produtos brasileiros nas grandes redes de supermercados como Tesco e Asda por exemplo, mas nem sempre foi assim e a quantidade e variedade deixam a desejar.

Um dos supermercados brasileiros mais antigos é a Casa Brasil que fica na galeria de Queensway (Queensway Market), onde podemos encontrar desde o guaraná até o feijão preto, um bom corte de carne ou um presentinho com a cara do Brasil.O atendimento é personalizado. A Casa Brasil conta com loja online e eles também aceitam encomendas por telefone e, oferecem entrega local no mesmo dia.

A casa noturna queridinha entre os brasileiros é o Salsa Bar, que fica em Charing Cross Road. Eles contam com um café na frente que fica aberto diariamente até às 17:00; e das 17:00 às 3:00, eles operam o restaurante, o bar e o clube, apenas para maiores de 18 anos. O Lugar é interessante, bem dividido. Em dias de jogos, há ainda um telão no bar.

Dos restaurantes, um dos mais famosos é o Rodizio Rico, que com três unidades (The O2, Islington e Birmingham), oferece cardápios diferentes para bem atender a comunidade brasileira e os curiosos também. O mais antigo e menorzinho, que ficava em Notting Hill Gate fechou há pouco. A carne é divina e o serviço impecável.

Centros de saúde e beleza

No mercado privado, há uma infinidade de opções. Médicos gerais e especialistas que são brasileiros. De ginecologistas a dermatologistas, mas o que mais tenho visto são os cirurgiões plásticos. Como os custos de hospitais e anestesistas aqui são muito altos, estes profissionais oferecem todo o tratamento por aqui, mas a cirurgia final em clinicas localizadas no Brasil. Eu visitei um médico de Campinas/ S.P. aqui no centro de Londres para saber mais. Incluindo a passagem aérea e acomodação no Brasil, o custo total da cirurgia seria cerca de R$ 20 mil menor do que se a cirurgia fosse feita aqui.

Porém, centros dentários e centros de estética em geral são um pouco abusivos com seus conterrâneos. Aproveitam-se daqueles que não falam inglês e cobram mais do que a média cobrada pelas clínicas inglesas ou de outras comunidades.

Meios de comunicação

Dos canais de TV brasileiros, a Record e a Globo estão presentes no Reino Unido, transmitidas pelas centrais de Portugal, mas as TVs também têm suas filiais por aqui, que são usadas geralmente como centros de jornalismo local. A Rede Record tem transmissão gratuita, mas a Globo cobra uma mensalidade bem amarga.

Há também a mídia impressa e online. A revista mais conhecida, é a ‘Leros’ que está em circulação há mais de 20 anos. Ainda existem muitos sítios de noticias online em português.

Centros religiosos

Pelo grande número de brasileiros, e para não perder os fiéis, hoje já é possível assistir uma missa inteira na igreja católica em português e ter aconselhamento por padres que falam português ou pelo menos entendem a nossa língua.

A Igreja Universal do Reino de Deus foi provavelmente uma das primeiras a chegar com serviços em português. Com o tempo, muitas outras igrejas evangélicas seguiram os mesmos passos.

Nos últimos anos por aqui também foram criados centros espiritas brasileiros, bem como grupos de umbanda e candomblé.

Outros serviços

Contadores, advogados, fotógrafos. Professores particulares, médicos e boleiras. Dentistas, veterinários e terapeutas.

Com tantos brasileiros por aqui, não há serviço que não exista em português.

- Anúncio -