As tendências da Fashion Week di Milano

1910
- Anúncio -
Paula de Abreu
Paula de Abreu – Editora de moda, designer, fashionista formada pela Polimoda Firenze e colaboradora do site Na Pauta Online.

Roupas esportivas, transparência e ecologia se destacaram:
A bermuda de ciclista dominou as passarelas italianas, que terminou com os desfiles da Fila, Dolce & Gabbana e Giorgio Armani.

Nessa temporada, a peça apareceu em quase todas as grifes, junto com uma camiseta, embaixo de um vestido, com salto alto ou com os sneakers. Elas foram vistas em versão esportiva e em modelo elegante de Cavalli, Salvatore Ferragamo, Fendi.

No próximo verão, muitos serão tentados por essa variação da calça legging. Para os menos corajosos, a versão “chic” da bermuda, com blusão, foi apresentada pela Prada e por Emporio Armani.

As peças com acrílico também merecem destaque. O plexiglass apareceu em acessórios, em sandálias que pareciam deixar os pés descalços, em bolsas “transparentes” e até em corpetes com um plástico luminoso, com muitos detalhes reluzentes.

Entre as estampas, além das flores, foram destaque as psicodélicas, em tie and dye. Jogaram com as flores Versace, Dolce & Gabbana e MSGM, e escolheram o tie and dye Prada e Cristiano Burani.

Nos desfiles triunfaram cores, dos tons gritantes de à paleta azul, do verde total de aos tons pastel.

A transparência também apareceu na passarela, muitas vezes com técnicas que beiravam o sensual e materiais como seda fina em casacos e calças fluídas.

Por fim, outra linha que segue na moda é a sustentabilidade, com coleções de tecidos reciclados, como os produtos de descartes marinhos de Tiziano Guardini ou os tecidos de artesãos locais pintados com tintas naturais de Stella Jean.

O milanês Gilberto Calzolati venceu o prêmio de melhor jovem estilista no Green Carpet Fashion Awards, com um traje feito a partir de um saco de café brasileiro. O saco foi revestido com um tecido e embelezado com cristais Swarovski.

 

Vestidos curtinhos com manga longa

Um item muuuito prático e lindo, que super valoriza as pernas de fora sem deixar a elegância de lado!!

Você pode abusar na transparência das mangas, usar looks monocromáticos com acessórios mais marcantes, escolher o brilho ou então uma estampa.

Se quiser dar um ar mais sexy na produção, invista nos vestidos mais justinhos que valorizam seu tipo de corpo. Sempre com muita atenção e bom senso para não exagerar.

Já para fazer um estilo mais girlie, use os que têm as saias mais rodadas. Escolha seu estilo e se jogue!!!

 

Rapunzel: cabelo super longo é tendência em Hollywood

O estilo Rapunzel voltou com força e já tem várias adeptas famosas.

Em Hollywood a tendência está fazendo a cabeça (literalmente) das celebridades: madeixas super longas e bem cuidadas. Esse look começou a aparecer nos videoclipes e agora é onipresente até no red carpet. A vantagem desse visual é que ele é bem versátil: as estrelas ostentam a vasta cabeleira solta, ondulada, lisa, presa com rabo de cavalo, tranças, dreads e em varias cores… Enfim, não há limites para a criatividade da cabeleira!

 

Partido italiano quer proibir modelos com magreza excessiva

Medida foi apresentada pelo Movimento 5 Estrelas, partido antissistema italiano um projeto de lei para proibir que grifes exibam modelos excessivamente magras em desfiles de moda e campanhas publicitárias no país.

O texto, de autoria das deputadas Azzurra Cancelleri e Marialucia Lorefice, foi protocolado na Câmara no fim de julho e prevê um veto a modelos com índice de massa corpórea (IMC) inferior a 18,5 quando já é possível falar em má nutrição, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).A norma também exige atestado médico e psicológico que comprove a ausência de distúrbios alimentares, bem como a presença de terapeutas durante o horário de trabalho das modelos. Além disso, o projeto proíbe menores de 16 anos em desfiles para adultos e impede que modelos entre 16 e 18 anos trabalhem das 22h às 6h do dia seguinte.

Quem violar as normas estará sujeito a multas de até 75 mil euros e pena de seis meses de prisão. Já os meios de comunicação que utilizarem ou promoverem imagens de magreza excessiva poderão sofrer sanção de 50 mil a 100 mil euros e pegar de seis meses a um ano de cadeia.

O projeto, que ainda será avaliado pelo Parlamento, prevê campanhas do governo para promover a educação alimentar. Uma iniciativa do tipo entrou em vigor na França no início deste ano, também com o objetivo de combater transtornos alimentares, como a anorexia. Os dois países estão entre os maiores ícones da moda mundial e abrigam algumas das principais grifes do planeta. Concordo 1000%!!

 

Um verdadeiro batalhão de beldades brasileiras e não brilham em desfile da D&G na MFW 

No ultimo dia da MFW desfilaram para a grife Dolce & Gabbana, Helena Bordon, Yasmin Brunet, Lalá Rudge, Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine.

Também desfilaram a sobrinha da princesa Diana, Lady Kitty Spencer, Helena Christensen, Eva Herzigova, Isabella Rosselini, Karen Elson, as modelos plus size Ashley Graham e Tess McMillan, a eterna top model Carla Bruni, a atriz Monica Bellucci, além da drag queen vedete Violet Chachki, estrela pin up de cabaré.

 

“All Black” nunca sai de moda

O preto tem lugar garantido, seja nas baixas temperaturas ou nas altas.Se você quer se destacar, invista nos acessórios mais ousados, max, coloridos, o preto sempre tem lugar garantido, o coringa dos coringas.

Não há muito mistério pode atender tanto às mais discretas quanto as mais ousadas, tudo depende dos acessórios e ocasião. Se você prefere um look bem edgy, aposte em acessórios statement, já que o look preto destaca qualquer coisa que você usa.

Esta é uma boa oportunidade para estrear aquela clutch em pedrarias maravilhosa ou de glitter para chamar a atenção.

Democrático e compatível com todo tipo de silhueta, das mais magrinhas às plus size. Para o resultado não ficar monótono, você pode apostar na diversidade de texturas e acabamentos.

Existem maneiras incríveis torná-lo mais interessante e menos óbvio. As produções minimalistas são as principais provas de que um visual preto não precisa ser sem graça, ao contrário.

 

Conheça a marca gaúcha que faz sucesso em Nova York com bolsas feitas à mão por imigrantes haitianas

À frente da marca de acessórios Volta Atelier há pouco mais de um ano, a gaúcha Fernanda Daudt tem chamado atenção no mercado de moda norte-americano. As bolsas da grife se destacaram na última edição da NYFW.

Design sustentável produzido no Brasil”, as bolsas foram apresentadas com as peças de tear da estilista israelense Adi Yair, com a francesa Lâcher Prise da estilista Marine Delmau e com a marca novaiorquina Acid NY.

As peças são feitas com couro que sobra da indústria calçadista, muito comum no Rio Grande do Sul, e costuradas à mão por artesãs refugiadas do Haiti, que moram em Caxias do Sul, na serra gaúcha. Segundo Fernanda, a ideia era criar um projeto de produção artesanal, mas tendo também um cunho social. Para isso, contou com o apoio do Centro de Atendimento ao Migrante em Caxias do Sul.

“Pensamos em dar uma oportunidade de trabalho a pessoas que têm dificuldade de conseguir um emprego de turno integral, como mães que precisam acompanhar seus filhos, por exemplo”, explicou Fernanda.

Um grupo de mulheres que já haviam tido alguma experiência com artesanato no Haiti foi treinado para trabalhar. As pessoas que trabalham no projeto trabalham por méritos, por suas habilidades como artesãs e não por serem ou não refugiadas.

Além de couro, a coleção de bolsas também usou peles de amostra usadas em lançamentos de curtumes e contas recicláveis em malha tramada com agulha e nylon. O editorial de divulgação das bolsas também reforça o comprometimento social da marca. A modelo é a refugiada e ativista do Sudão Mari Malek, que mora nos Estados Unidos.

 

Anitta + C&A lança coleção de roupas inspirada no street style!

Anitta lança coleção de roupas inspirada no street style, em parceria com a C&A, lança uma linha de roupas própria! A coleção é toda inspirada no street style, com uma pegada sexy, bem no estilo da carioca.

A parceria terá ainda outros produtos, que serão lançados mensalmente até o final do ano. Fiquem de olho!

 

Winnie Harlow nova estrela da Victoria’s Secret 

Winnie Harlow será a primeira modelo com vitiligo a participar do desfile anual da Victoria’s Secret, um dos mais aguardados do ano! A canadense de 24 anos foi confirmada no casting, que terá ainda as angels conhecidas Lais Ribeiro e Adriana Lima.

Recentemente, Winnie Harlow brilhou na passarela da Semana de Moda de Nova York, desfilando por marcas como LaQuan Smith, Prabal Gurung, Cushnie et Ochs e Nana Judy e simplesmente arrasou! E com ceretza vai arrasar nas passarela da Victoria’s Secret.

- Anúncio -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here