Pacotes com explosivos foram enviados para Barack Obama, Hillary Clinton e George Soros

47
- Anúncio -

Embalagens com explosivos foram enviadas para Obama, Hillary Clinton, Soros e central da CNN. Casa de Debbie Schultz indicada como origem dos pacotes suspeitos e autoridades falam em ato de terror.

Seis pacotes suspeitos foram enviados nos ultimos tres dias. Dois dos pacotes continham explosivos e endereçado às residências de Hillary e Bill Clinton, em Nova Iorque, e de Barack Obama, em Washington. O quarto pacote suspeito foi encontrado nas instalações da CNN em Manhattan e era dirigido a John Brennan, ex-diretor da CIA. O quinto pacote suspeito foi encontrado no escritório da congressista Debbie Schultz, mas era endereçado ao ex-procurador geral Eric Holder. O sexto, endereçado a Maxine Waters, uma democrata e membro da Câmara dos Representantes

Os escritórios da CNN em Nova Iorque, localizados no Time Warner Center, foram evacuados, assim como todo o edifício, por suspeitas da presença de explosivos no local.

O FBI intercetou dois engenhos potencialmente explosivos destinados a Hillary Clinton e ao antigo Presidente norte-americano Barack Obama, confirmou nesta manha a agência federal de investigação, esclarecendo que as embalagens foram identificadas durante procedimentos de rotina de triagem de correio.

Em comunicado, o FBI esclarece que a embalagem suspeita enviada para a residência de Hillary e Bill Clinton em Westchester, Nova Iorque, foi intercetada no dia anterior e que a embalagem destinada à residência do antigo presidente Barack Obama, em Washington D.C., foi intercetada na madrugada de hoje.

Nenhum dos pacotes chegou ao seu destino. O FBI anunciou a abertura de uma investigação para determinar a origem das embalagens e quem as enviou.

Os escritórios da CNN em Nova Iorque, localizados no Time Warner Center, foram evacuados devido à presença de items potencialmente explosivos no complexo. O pacote suspeito enviado para o Time Warner Center foi construído com canos e fios, informa a estação de tv. As autoridades estão tratando o pacote como um explosivo real.

Durante a manhã surgiram rumores de que um outro pacote suspeito, contendo explosivos e projéteis, tivesse sido enviado para a Casa Branca, mas o FBI negou a informação.

O FBI relatou que o explosivo é similiar aos encontrados na casa do filantropo de origem húngara George Soros, em Bedford, também no Condado de Westchester, e enviados para a residência de Hillary e Bill Clinton e de Barack Obama. Apesar de rudimentares, os explosivos aparentavam estar funcionais, afirmou o FBI.

As autoridades encontraram um pacote suspeito no escritório de Debbie Wasserman Schultz, congressista e ex-presidente do Comite Nacional Democrata. Mas novas atualizações da polícia dizem que esse pacote era endereçado a Eric Holder, ex-procurador geral dos Estados Unidos. O explosivo teria sido enviado para a morada errada, por isso foi devolvido ao endereco de origem, que era a de Debbie Wasserman Schultz.

A casa de Debbie Schultz também era indicada como sendo a da origem dos pacotes suspeitos enviados para as residências de Hillary Clinton e de Barack Obama — embora não haja indícios de que tenha sido ela quem os enviou.

Quanto ao pacote enviado para casa de George Soros no início da semana, esse não tinha endereco de origem. Autoridades confirmaram que este explosivo foi colocado diretamente na caixa de correio do multimilionário e não indicava nenhuma pista de origem.

Todos os explosivos encontrados eram de fabricacao artesanal, mas funcionais.

O presidente Donald Trump fez sua declaracao durante esta tarde:

“Atos ou ameaças de violência política não têm espaço nos Estados Unidos”

- Anúncio -