O que você quer com um arma?

141
Imagem (spotniks)
- Anúncio -

É defender a si e à sua família? Com uma arma guardada no alto do armário, no cofre ou no criado mudo, enquanto ouve algo suspeito rondando o quintal? Enquanto forçam a entrada na sua porta?

Henrique Morgantini é jornalista, radialista e comentarista político.

Ao menor sinal de algo suspeito, um ruído estranho, você vai correr para o cofre, acertar o segredo de primeira e se armar, esperando pela visita do alheio? Estará pronto para atirar? Vai torcer para que ele demore a encontrar um jeito de entrar, gastando o tempo exato para que dê tempo a você de colocar um banquinho perto do guarda-roupa e puxar sua pistola do meio das cobertas?

E se tudo isto funcionar: você estará pronto para matar alguém? Para acordar na manhã seguinte, depois de ter prestado todas as explicações à polícia, de que matou um ladrão, de que ele queria roubar você, de que queria levar sua TV e seu celular… quando tudo estiver esclarecido, você estará pronto para acordar pensando que matou alguém?.

Vai querer matar alguém na cozinha da sua casa, em frente a sua filha, para que todos o vejam estrebuchando até o último suspiro bem no local onde sua família toma café da manhã?

Esta será uma boa memória quando reunir a família no meio da sala da sua casa?

Vai se sentir um herói cotidiano?

Ou será que você quer uma arma para colocá-la no coldre e sair por aí em segurança? Vai comprar pão armado, tomar aquela cerveja depois da bola com os amigos devidamente armado? Isto vai lhe deixar mais seguro? Quando alguém lhe fechar no trânsito ou quando alguém reclamar que você parou em fila dupla, atrapalhando o trânsito (mas são só cinco minutos) você vai se sentir mais seguro, mais corajoso? Você estará à vontade para apresentar o argumento de ferro, com 6 ou 13 balas, a fim de encerrar a discussão?

Você vai ter chance de reação quando o ladrão apontar uma arma na sua testa e pedir o carro, o celular e a arma, e ela estiver no coldre, no porta-luva, embaixo do banco?

Quantas vezes por dia – ou por ano – você pretende mostrar sua arma para alguém no intuito de por fim a uma aporrinhação no trânsito, no trabalho ou no bar?

Quando passarem a mão na sua mulher na balada, você vai apontar o revólver para a testa do engraçadinho?

O quão seguro você vai se sentir ao saber que apontou uma arma e intimidou 10 pessoas em um ano? Vai se sentar com seus filhos na lanchonete do bairro sabendo que, soltos por aí, estão 10 caras que você colocou em seu devido lugar apresentando o mesmo argumento?

Qual é a segurança que você quer garantir quando fizer isto? Qual segurança ela vai lhe trazer?

Me fale: o que você quer com um arma?

Para falar com o autor – Instagram: HMorgantini | Facebook: Henrique Morgantine

- Anúncio -

2 COMENTÁRIOS

  1. Quero uma arma pra que eu possa me defender.

    Pra usar minhas armas, troquei o bar por estande de tiros, futebol por airsoft.

    Não vou ameaçar ninguém, com ou sem arma, ameaça é para covardes.

    Numa discussão de trânsito tento ter inteligência emocional para ficar calado e seguir meu trajeto.

    Onde guardo minhas amas, tenho acesso com certa facilidade.

    Prefiro atirar em alguém na frente do me filho, que eu ou ele ser baleado.

    Não quero matar ninguém, muito menos morrer.

    Enfim, se não concorda comigo, ou se não se acha tão preparado como eu, não compre uma arma, afinal, não é obrigatório.
    Emanuel Matias – (79) 99976-6333

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here