Uma remota chance de segundo referendo para o Brexit?

105
- Anúncio -
Paula Tooths
Paula Tooths – Jornalista, produtora de TV e escritora, autora de quatro títulos publicados no Reino Unido e repórter do Na Pauta – USA

Líder da oposição propõe pela primeira vez a realização de segundo referendo

 

O principal partido da oposição no Reino Unido propõe a realização de um segundo referendo sobre o Brexit. Esta foi a primeira vez que o partido trabalhista pediu oficialmente aos seus deputados para analisarem a realização de um segundo voto sobre o Brexit, como cita um documento da liderança do partido.

 

A proposta é uma tentativa de Jeremy Corbyn resolver divisões entre a liderança do partido trabalhista e os deputados trabalhistas que apoiam um segundo referendo. No entanto, o partido não se compromete a apoiar a permanência do Reino Unido na União Europeia, caso o segundo referendo venha a ter lugar.

 

Além do segundo referendo, a liderança trabalhista também propõe submeter a votos uma plano alternativo para o Brexit como manter o Reino Unido numa união aduaneira após o Brexit, mantendo uma forte relação com o mercado único. Os direitos dos cidadãos e as regras para os consumidores seriam também harmonizados com a União Europeia.

 

Theresa May voltou a rejeitar a realização de um segundo referendo sobre o Brexit, 66 dias da data em que o Reino Unido vai deixar a União Europeia.

 

A primeira-ministra britânica argumenta que um segundo referendo poderá ameaçar a coesão social do país.

 

E a população do Reino Unido segue sem saber qual será o futuro do pais.

- Anúncio -