Pai estupra filha de 11 anos em Cuiabá e confessa que a estuprava desde 2017

Foto: PM - MT
- Anúncio -
*Roberta de Cássia

Cuiabá – A Polícia Civil prendeu um homem identificado como Cleiton da Paixão Guimarães, 39 anos que é acusado de estupro da própria filha de 11 anos, no Residencial Coxipó, em Cuiabá.

Cleiton é suspeito de ter engravidado a própria filha e sumido com o feto depois que a criança teve um aborto espontâneo.

A polícia foi acionada por funcionários da UPA Pascoal Ramos ao ver que a menina apresentava sinais de estupro. A menina confirmou a polícia que o pai abusava dela há pelo menos 1 ano. A mãe disse a policia que não sabia. O remédio abortivo foi dado por Cleiton.

ENTENDA O CASO

Cleiton da Paixão Guimarães, 39 anos que foi preso no dia (17) na casa da mãe dele por estuprar e engravidar a filha de 11 anos, confessou em depoimento à polícia que já abusava da filha desde 2017 e que realmente deu remédio abortivo para a filha que engravidou dele.

Foto: REPRODUÇÃO

O caso só veio a tona após a tia e a avó levarem a menina a UPA do Pascoal Ramos com hemorragia causada pelo remédio abortivo. A polícia foi acionada e a menor contou o estupro e o autor. Ela agora está internada no hospital Julio Muller onde ainda recebe assistência médica por conta do aborto que sofreu, visto que segundo o pai que teria jogado o feto no Rio Coxipó, já tinha 5 meses.

Eles são moradores do Residencial Coxipó, em Cuiabá.

O Conselho Tutelar foi chamado. A polícia investiga se a outra filha do casal de 14 anos também teria sido abusava pelo pai.

O pai dela foi levado à Central de Flagrantes e passa por audiência de custódia.

A mãe disse ainda que a menina tomou um remédio abortivo dado por Cleiton que sumiu com o feto.

A menina já estava grávida de 5 meses.

Publicado originalmente no site newscuiaba em 17/04/2019

- Anúncio -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here