BAR DO COFRE SUBASTOR: UMA EXPERIÊNCIA INOVADORA

- Anúncio -

 

Visitar o Bar do Cofre SubAstor é uma viagem aos segredos mais bem guardados de São Paulo. Instalado no antigo cofre do Banco do Estado de São Paulo, hoje é Farol Santander.

Totalmente speakeasy, o bar surpreende por manter as características originais do cofre, como portas circulares feitas de concreto e aço reforçado.

 

Para chegar lá, o cliente precisa descer lances de escada abaixo do hall de entrada do Farol e atravessar as grades de ferro, onde se encontra um bar iluminado ao centro do salão.

 

Essa ideia de bares “secretos”, muito comum em NY na época da Lei Seca nos EUA, pode ter sido uma das grandes influências para termos essa explosão desses bares subterrâneos em São Paulo. Charmosos, misteriosos e ainda preservando a história do local e de determinada época da nossa cidade.

 

Quando for ao Bar do Cofre, minha dica é que você chegue cedo, faça um passeio pelo Farol Santander até o mirante, aproveite para tirar muitas fotos da cidade e entre no bar às 17h para evitar filas ou tente fazer uma reserva.

 

Em uma das salas, as paredes são cobertas pelas gavetinhas, onde eram guardadas as joias, ouro entre outros valores dos correntistas. Em outra sala, um sofá grande num espaço surreal para receber grupos maiores. O salão principal conta com o balcão do SubAstor, iluminado ao centro, e duas portas de 16 toneladas, que levam a outros lugares “secretos”. O teto ganhou um lindo painel de LED.

 

Você pode escolher entre ficar em mesas normais, em mais baixinhas com poltronas ou no bom e velho balcão. O bar possui diversos rótulos, entre Johnnie Walker e single malts, e canudinhos de macarrão no bar do cofre, eba!

 

Na Alesp, projeto prevê a proibição do uso de canudinhos de plástico. A proposta estabelece que os itens de plástico terão que ser substituídos por canudos de papel reciclável, material comestível ou biodegradável.

 

- Anúncio -