“ARRARIAL DAS LOBAS”

- Anúncio -
Katia Saules
Katia Saules  – Atriz, formada em Artes Cênicas, escritora, critica de artes e colaboradora do site Na Pauta Online – RJ,
Esta coluna vai ao ar todas as quartas-feiras.

Com um elenco integralmente masculino que canta, dança, atua e ainda toca instrumentos diversos, ‘Arraial das lobas’ é uma deliciosa comédia musicada que conta de forma bem descontraída a história de várias mulheres numa cidade onde os homens foram extintos.

Com poucos recursos, mas muita garra e talento, os competentes atores inundam o palco com sua determinação, nos presenteando com algo quase inédito e bastante interessante de se ver.

Com alto tom de humor, eles também fazem algumas críticas em defesa da mulher, ao seu empoderamento, e com muito respeito, brincam de forma caricatural com seus trejeitos.

Nota-se claramente a ideia de trazer a riqueza cultural do nordeste brasileiro, e mais inteligente foi ver toda regionalidade sem o sotaque esperado, o que gera ainda mais identificação com o público no geral.

Na concepção musical há uma criativa mistura de instrumentos e excelente solução quando os atores se dividem entre o ‘atuar’ e o ‘tocar’. Músicas e letras autorais dão um brilho diferenciado e encantam pela forma como são conduzidas, ajudando a contar a história.

Com texto muito bem articulado, músicas tocadas e cantadas ao vivo entrelaçando toda a história, os atores ‘dão banho’ de talento e ousadia. Leve, divertido, diferente, Leandro Castilho assina o texto e também atua arrancando gargalhadas com sua Jurema machadada, que acaba por nos remeter a uma versão feminina de Lampião.

Um grupo homogêneo, onde todos se destacam e jogam o jogo. Cada um ali sabe sua posição e passa a bola para o outro de forma que o entrosamento vira o protagonista.

Num breve resumo, uma matadora profissional declara guerra contra todos os homens da cidade e jurando de morte todos que ali se aproximarem. A confusão se dá quando dois jovens conseguem se infiltrar no lugarejo vestidos de mulher, com a intenção de se apropriarem de uma suposta herança de uma das fazendeiras viúvas. Porém as ‘falsas mulheres’ são desmascaradas e toda a trama se desenrola divertidamente.

Leandro acerta em tudo, no texto, na escolha dos atores, no reverenciar uma cultura rica, mas que precisa ser mais prestigiada, que é a Nordestina, e na direção musical e principalmente no domínio cênico e bom gosto musical, talvez pelo fato de ser multimusicista.

Direção da talentosa atriz Anna Paula Secco, que também é responsável pelo cenário, figurino e programação visual da peça. Ponto alto para a atriz que fez com que os corpos masculinos contassem essa história de forma tão verossímil. Direção delicada e firme, Anna trouxe a feminilidade certa, pontuou momentos de forma bastante coesa e segura.

Uma peça surpreendente, que faz o público vivenciar uma experiência única e acreditar naquelas lobas ali, ainda que barbadas…

Aproveitem o mês de Junho e corram para este Arraial!

- Anúncio -