Respeito em campo e fora dele

Edna Alves primeira árbitra brasileira em uma Copa do Mundo de futebol - Foto reprodução O Globo
Caroline Santana
Caroline Santana é Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação e Marketing e Colaborador do site Na Pauta Online – Goiás

O maior parabéns que um (a) árbitro (a) pode receber na atribuição de suas atividades em campo e também fora dele é o respeito. Na última quarta-feira, 11, celebramos o dia do árbitro esportivo.

Com quase um mês de campanha, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) lançou em agosto, a regra que deve valer para todos os jogos, bem como em todos os ambientes. O objetivo da campanha é criar um espaço de mais respeito ao trabalho dos (as) árbitros (as), que aplicam a regra do jogo.

Intitulada “Respeito: Essa é a Regra do Jogo”, a ação tem como objetivo fomentar o respeito, tolerância e conscientização ao trabalho que a arbitragem realiza. Todo mundo quer trabalhar em paz, ser reconhecido (a) e valorizado (a). Os (as) árbitros (as) não poderiam ficar de fora deste cenário de respeito. O presidente da CBF, Rogério Caboclo explicou no lançamento da campanha que ela não é apenas pelo respeito aos/às árbitros (as), e sim, às regras e ao futebol.

Para ele, os resultados dizem respeito a menos cartões por reclamações, menos paralisações na partida e mais justiça, além do protagonismo de quem entra no campo para executar da melhor forma o seu trabalho. E o (a) árbitro (a) conta geralmente com o apoio de mais dois assistentes que o (a) auxiliam durante a partida. No Brasil, de acordo com dados da CBF são 711 profissionais atuando em campo. Já em Goiás, a relação corresponde a 11 árbitros em seis categorias diversas.

Que a campanha sirva para conscientizar não somente jogadores, torcedores, mas a todos que assistem aos jogos do estádio ou pela TV. Todo ser humano merece respeito em qualquer lugar, mas como a quarta-feira (dia especialmente que conta com partidas de futebol televisionadas) merece um destaque especial. Parabenizo a todos e principalmente àquela a qual mais admiro: Edna Alves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here