Sindimed denuncia corte de parte de 13º de profissionais da Saúde de Cuiabá

O Sindicato dos Médicos de Mato Grosso(Sindimed-MT) recebeu várias denuncias de médicos e profissionais de saúde de que a prefeitura de Cuiabá pagou somente parte do 13º salário anunciado que seria pago nesta sexta-feira(20).

“Mandamos um ofício a prefeitura  pedindo esclarecimento e providências visto que até a presente data os médicos relatam não terem recebido a segunda parcela do décimo terceiro salário do ano de 2019”, informou o diretor de comunicação do Sindimed, Adeildo Lucena.

Adeildo recebeu ainda denuncias que plantões extras feitas por colegas médicos cobrindo férias ou por motivo de doença de outros médicos estão há 06 meses sem receber e também o adicional dos plantões de fim de semana e feriados não estão sendo pagos há 03 meses por isso há tanto furos nas escalas de UPAs e policlínicas.

“A nossa preocupação é que além dos atrasados de plantões, ainda nem o 13º anunciado pelo prefeito foi pago em sua integralidade. O médico vai passar o feriado de Natal e de Ano Novo longe da família para poder prestar atendimento a população sem receber o 13º que tem direito de forma integral e sem receber os plantões extras e nem os adicionais. Ao contrário do que se pensa, os médicos precisam do salário e estavam como qualquer trabalhador contando com o 13º inteiro aí a prefeitura corta o pagamento integral. Queremos que o prefeito explique o que está acontecendo. Não adianta inaugurar novas unidades e não pagar os trabalhadores da saúde e nem dar condições para que a população tenha um atendimento digno”, completa Adeildo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here