A morte faz parte da vida!

Nada é mais corriqueiro na vida que a morte, acontece todos os dias,
todas as horas e basicamente só acontece com quem esta vivo!

Temos medo dela, temos mais medo é de não saber a sua hora, de não ter
ideia de quando ela vem e de que forma.
Se virá enquanto durmo, se vem num acidente, numa doença, numa bala
perdida, num ataque do coração?!

Sei lá, só sei que ela vem! Para todos!
Sem qualquer tipo de preconceito, pode ter a cor que for, tamanho,
peso… Pode até ter dinheiro, bom, com dinheiro você por até viver
uns dias a mais dependendo do caso! Mas ela vem! Inevitavelmente!

Mas sabendo disso, o que você faz?
Chora? Casa e tem filhos? Escreve um livro? Planta uma árvore? Faz
amigos durante a vida? Vive?

Vai deixar saudades, vai dar alegria ou vai dar lagrimas?

Porque tem gente chata que se acha imortal e querem imortalizar a chatice!

Eu, por exemplo quero ser lembrado, nem precisa ser por mil anos, mas
queria que existissem sorrisos aos que se lembrassem de mim!

Não queria ser lembrado como o cara chato, apesar de que tem uma
galera que me acha chato, mas a cada dia que caminho para o inevitável
eu vou tentando amar mais, tentando ser justo e sempre desejando que
eu faça o bem a alguém!

Mas de qualquer forma já plantei uma árvore, tenho vários escritos que
um dia será livros, histórias tenho varias, alguns arrependimentos, eu
posso até dizer que até aqui fiz muitas amizades, tem umas inimizades
também! Faz parte! Da vida!

Vida que nada se leva! Mas que pode deixar marcas. Boas ou ruins!

Tudo depende das escolhas feitas, da vida que leva antes da morte te levar!

Acredito que a vida deve ser vivida em sua plenitude, com respeito as
liberdades individuais, gosto de viver como nômade, aqui e ali,
conhecendo culturas, gente, ganhando e guardando cada experiência,
usando cada experiência para ser o que me define ao dar o próximo
passo!

Enquanto tenho tempo quero andar muito, sorrir muito e trocar idéias,
trocar histórias, trocar experiências e apenas ser vivo!

Pessoas vão, deixam saudades, lembranças nós fazem chorar, mas que o
choro seja de boas lembranças, que aqueles que foram sejam
inesquecíveis em nossas boas memorias, que as boas ações se tornem
eternas, que feitos sejam histórias, que quando contadas façam a
diferença em vidas!

Muitos acreditam em céu ou inferno, outros que acham que vão voltar em
outro corpo, vários pensam que tudo acaba! Na duvida e na incerteza do
que pode ser, eu tento seguir aquele que em sua trajetória morreu e
depois ressuscitou, em vida falou pra amar!

Vou amando! Amo o sol, amo as águas, as flores, o canto dos pássaros,
o grito da crianças atentadas, o frio, o calor… O calor não! Vou
amando o sabor das coisas, o cheiro, a luz.

Mas sigo tentando até amar a humanidade que deixa a cada dia que passa
a humanidade dentro de si. Mas ainda amo, ainda tenho a esperança de
ver tudo mudar, de ver gente ajudando gente!

Vou vivendo até a última gota, até o último suspiro! Vou vivendo e
vendo a vida passar! Rápida como um jato!

Vou aproveitando meu direito de viver!