“A Mulher de Bath”

- Anúncio -
Katia Saules
Katia Saules – Atriz, formada em Artes Cênicas, escritora, critica de artes e colaboradora do site Na Pauta Online.
Esta coluna vai ao ar todas as quartas-feiras.

Maitê Proença encara o que talvez seja o maior de todos os desafios na vida de um ator: um monólogo…e ainda por cima “medieval”, com direção do renomado Amir Haddad, surpreende a platéia com seu carisma e bom gosto já no início da encenação.

Com pouquíssimo recurso cenográfico, a atriz se utiliza da boa direção de Amir e de seu inato talento para nos contar uma história atemporal, mas que tem sua origem lá por volta dos anos 1343… Na verdade nem é uma peça teatral, é um conto adaptado de Geoffrey Chaucer, considerado um dos pais da língua lnglesa, mas que nos parece muito atual e vale conhecer.

Maitê dá vida a uma viúva de cinco maridos, fogosa e ambiciosa, que por nunca tê-los amado verdadeiramente, apenas torcia para que morressem a fim de encontrar o próximo.

O texto foi adaptado pela própria atriz, mas a linguagem rebuscada é mantida, o que nos situa em sua real época, enquanto a forma de conduzir nos trás ao presente, o que torna a peça bastante interessante. Um monólogo, contado como se lêssemos um livro, tinha tudo para ser monótono…só não é por conta do gracejo e leveza da atriz.

A escolha do figurino vermelho, de Angéle Froes conversa bem com os adereços de Marcilio Barroco, muito bem utilizados, e nos remete ao fogo incessante da personagem.

Uma atriz inteligente e graciosa, ela começa de forma irreverente, pedindo permissão ao público para contar tal história, e a obtém, claro…Conta de cada marido, suas agruras, sua vivência, seus atritos…e embora as histórias pareçam um tanto quanto parecidas, mostra com certo humor o que as mantinha casada com cada um.

Maitê conduz a todos em seu breve conto, e em pouco mais de uma hora revive as memórias da tal Mulher de Bath nos mostrando que independente do século ou do lugar onde se habita, mulheres e seus sentimentos são atemporais.

- Anúncio -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here