NEFELIBATO

- Anúncio -
Katia Saules
Katia Saules  – Atriz, formada em Artes Cênicas, escritora, critica de artes e colaboradora do site Na Pauta Online – RJ,
Esta coluna vai ao ar todas as quartas-feiras.

Acabo de ver “NEFELIBATO” e já me levanto de minha cadeira um tanto quanto incomodada. Bom quando é assim. Espetáculo que gera desconforto faz pensar e repensar, e justamente para isso que saímos de nossas casas. Para sairmos do tal “lugar comum”, do comodismo, do mundo das facilidades, do “tudo na mão”…

Senti e vi todas as mazelas, senão todas, grande parte delas…ali tão brilhante e sutilmente retratadas pelo entregue ator em cena. Um ator? Um contador de histórias? Um louco? Um morador de rua: Um ser esquisito? Não… Ele é qualquer um de nós, que mal sabe lidar com as adversidades diárias…que não sabe como digerir dor e nem resolver problemas… é como um de nós que mal sabe o tamanho da sua dor e mesmo assim ainda tenta comparar com a do vizinho. O personagem ali em cena é vivo, é mais lúcido que muita gente. Chora, ri, surta, brinca… uma verdadeira utopia. Questões são expostas, dedos em algumas feridas são colocados, gritos são dados mas ali onde tudo acontece até cada silêncio é revelador. Sem dúvida alguma uma excelente pedida a reflexão. Quem realmente somos? Pra onde somos guiados? Quem nos move? O que fazemos por nós mesmos e por nossos pequenos sonhos? A gente leva a vida ou será ela quem leva a gente?

Prestigiem o bom Teatro que ainda temos. Excelente texto de Regiana Antonini, supervisão mágica de Amir Haddad com assistência de produção de Stephano Junio. Parabéns a Luiz Machado e toda sua corajosa e talentosa Equipe.

- Anúncio -