Alunos do Pará tem projeto escolhido para representar Brasil na França

Aluna que defendeu o Projeto - Amanda Naif
- Anúncio -

Rosas Aprisionadas, projeto concebido e orientado pela Advogada e Professora Dra. Juliana Freitas, e composto por alunos do Curso de Direito, no Pará, FOI ESCOLHIDO PARA REPRESENTAR O BRASIL NA FRANÇA

Pará – Entre 120 projetos relacionados ao Direito da Mulher, no evento organizado pelo Institut Français du Brésil, o Consulado da França, e a Aliança Francesa do Rio, no evento “Lab Citoyen” (Laboratório Cidadão), a aluna e integrante do Rosas Aprisionadas, Amanda Naif, defendeu o projeto com a apresentação de um vídeo respondendo a seguinte pergunta: “por que eu sou pessoalmente interessada pelo Direito das Mulheres?”, tendo, ainda, sido incluído na descrição do Projeto, o seu currículo e seu nível de proficiência em francês.

Para a segunda etapa, ocorrida no dia 16 de abril, no Rio de Janeiro, foram escolhidas apenas 7 mulheres engajadas nos projetos considerados mais relevantes para a causa feminina, desse total de 120 projetos apresentados! E o Rosas Aprisionadas, do Pará, se fez presente com a aluna Amanda Naif.

E, finalmente, desse universo, um júri composto pela Consulesa do Canadá, Evelyne Coulombe; pela Professora de Letras da UFRJ, Heloisa Buarque de Hollanda; pela artista e gestora da área de cultura, Keyna Eleison; e pela Diretora da Associação Mawon, Mélanie Montinard; pela comissão de dirigentes da Aliança Francesa e do Instituto Francês no Brasil e pelo público definiu o projeto como representante do Brasil na França.

O Lab Citoyen 2019, que será realizado na França no início de julho, promove um debate sobre temas importantes de direitos humanos entre jovens do mundo todo. Este ano, o tema do debate é Direito das Mulheres: igualdade e cidadania.

- Anúncio -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here