‘DR – Discutindo a Relação’

Imagem divulgação
Katia Saules
Katia Saules – Atriz, formada em Artes Cênicas, escritora, critica de artes e colaboradora do site Na Pauta Online – RJ, Esta coluna vai ao ar todas as quartas-feiras.

Divertida e no tom certo. Uma peça leve, que segundo o autor, Thiago Uriart, nasceu de situações vividas e presenciadas pelo próprio. Uma trama que leva para o palco os problemas comuns da maioria dos casais.

Os personagens Théo (‘DR – Discutindo a Relação’ vivido por Thiago) e Luiza (vivida pela simpática Katharine Albuquerque) buscam a terapia para tentar resolver seus problemas conjugais, mas o que era para ajudar acaba transformando a vida desses dois em uma verdadeira e divertida guerra dos sexos! Sem pudor, os dois avaliam sua vida sexual, dificuldade em lidar com os amigos do parceiro, falta de comunicação, afinidades, egoísmo, ciúmes, mágoas acumuladas ao longo do tempo e todos os ingredientes sempre presentes em qualquer relação, o que faz dessa comédia uma grande vitrine de boas risadas e reflexão.

Há uma imediata identificação entre o público e as questões ali apresentadas. Os momentos de interação com a plateia também ajudam no entendimento dos tais problemas recorrentes.

As brigas chamadas DR’s, que parecem ser a parte ruim de um relacionamento, são tratadas com humor e muita empatia. Todo casal tem momentos altos e baixos. O problema surge quando os momentos baixos começam a predominar no relacionamento. O desgaste amoroso, as discussões, a rotina do dia a dia, a família e o estresse da vida moderna podem interferir muito na relação.

O espetáculo acaba sendo uma análise comportamental de casais que vivem brigando mas jamais se separam. Questões são levantadas: O que leva duas pessoas a estarem juntas, e se discutir a relação é saudável ou não na vida conjugal.

Há mais de 2 anos em cartaz, a peça já circulou por diversas cidades e agora novamente brinda os cariocas, com sua irreverência e espontaneidade, marcas registradas de Thiago, tanto em cena, como na vida!

Com direção precisa e enxuta de Cris Nicolotti, a peça já é um sucesso e nos poupa de uma verdadeira DR, já que saímos todos leves e felizes da sala de teatro, sem motivos para discussões.

2 COMENTÁRIOS

  1. Costuma ser muito interessante esse embate esse trivial, essas oposições de casais..Bom só de assistir na ficção rs …digo, não de conviver com esse carma..Na convivência é que realmente vamos ver verdadeiramente quem é o outro.
    O Amor é única força que une essa anbiguidade. Nunca seremos iguais.A nossa digital já diz tudo.
    Parabéns Kátia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here