Travessias

Todos os dias alguém chega com a história de enfrentar um leão por dia. Enfrentamos é nós mesmos, o que já é complicado. Mas isso somente quando nos abrimos para o autoconhecimento porque não é todo mundo que busca as travessias para sair da zona de conforto ou inércia.

A caminhada da vida é longa e nos sugere coragem. Porém, que tal assumimos que também podemos ser fracos? Sim, senhor! Contudo, isso não é motivo de desistência ou falta de garra. Mas assumir que nem tudo está sob o nosso controle ou olhar. Assim como a lagarta vira borboleta, comece a apreciar os passos do seu processo individual, seja qual for e estiver enfrentando.

Lembre-se que do outro lado da ponte pode ter alguém que te ama ou você mesmo que irá se acolher. Afinal, estamos sozinhos nessa jornada chamada vida. Não que eu não possa contar com o auxílio do outro. Ele até se faz necessário, porém, temos dificuldades em admirar o silêncio, aproveitar as oportunidades de descobertas e sentir solidão. Somos humanos. Sempre em construção.

Assim como ressignificar um amor do passado é necessário, viver autenticamente cada etapa do caminho faz parte do presente para que o futuro seja mais próspero e proveitoso. Independente da sua crença, a manutenção da sua fé ou espiritualidade, as travessias permeiam a alma com um toque de leveza e suavidade. Basta enxergar com outros olhos. Os do coração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here