O sagrado feminino

O mês de março é de luta, principalmente por se tratar do mês das mulheres

No último domingo, 8, celebramos o Dia Internacional da Mulher com muitas reflexões para conscientizar homens e mulheres que a data tem suas raízes históricas e profundas. Sua importância histórica é fundamental sem esquecer também das conquistas políticas e sociais, e o quanto ainda precisa ser levado em conta para que realmente seja uma data comemorativa.

Muitas são as campanhas, palestras, promoções e homenagens que incentivam valorizar e reconhecer a mulher enquanto ser humano, a autoestima e amor próprio, os cuidados com a saúde, as relações internas e externas, a preservação e cuidado mental, além de identificar o sagrado em cada uma.

Para trabalhar em uma elevação energética, a procura pelo autoconhecimento, o exercício da sabedoria em todos os ambientes que nós, mulheres, transitamos é necessário cuidar de um processo individual e de cura. A espiritualista, psicoterapeuta, jornalista, mestre em Reiki, Ho’oponopono, Cura Prânica, meditação e yoga, Beta Lotti já auxiliou mais de 80 mil pessoas e realiza gratuitamente a Semana de Cura Energética com aulas e exercícios práticos para realizar em casa de 30 de março a 06 de abril.

Durante a semana serão trabalhados o corpo, a mente e as emoções. Tudo no mundo envolve energia e o cuidado com ela é fundamental para manter o sagrado feminino em perfeito alinhamento. Toda mulher possui uma deusa dentro dentro de si e o Sagrado Feminino como filosofia aborda este estilo de vida na conscientização de alguns ciclos como o da menstruação, gestação e a força da mulher.

É uma reconexão consigo e o contato profundo com a natureza. Os campos amoroso, sexual e profissional são trabalhados visando a realização de cada um. A terapeuta especializada em sexualidade e saúde ginecológica, Roberta Struzani realiza atendimentos presenciais e online focados no autoconhecimento, elevação da autoestima e na saúde do aparelho reprodutor feminino. Para ela existe uma relação entre sagrado feminino e vida profissional ao citar as deusas que revelam alguns perfis profissionais como Afrodite, Atena, Deméter, Ártemis, Perséfone e Hera. Para conhecer um pouco mais do trabalho de cada uma das profissionais citadas acima, acesse: https://www.betalotti.com.br/semanadecura/ e https://robertastruzani.com.br/.

*Ho’ponopono: é uma técnica havaiana que buscar alcançar a reflexão sobre nós mesmos e como as sensações condicionam atitudes e comportamentos. Requer uma atenção necessária, silêncio e baseia-se, principalmente na repetição das frases “Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.” Saiba mais: http://mariasilviaporlovas.blogspot.com/

*Cura prânica: segundo o Instituto Golden Prana, a cura prânica é uma técnica que consiste na exploração do corpo energético (como diagnóstico). Na remoção de energia onde houver excessos e na energização onde houver deficiência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here