Vivi para ver um abraço ser motivo de condenação!

Acredito que o estupro é pior que um assassinato! Um estupro de crianças então. Foge da minha compreensão!

Jamais vou achar que isso seja cometido por pessoas “normais”, um ato doentio! Onde já diz tudo! Doente são os que cometem tais atos! Assim como pessoas que torturam outro semelhante!

Diferente de um assassino, ou de um ladrão, ou falsificador, ou estelionatário, ou seja lá os crimes mais comuns que são cometidos pela humanidade! Sejam crimes cometidos por necessidade ou por raiva, ou por pura malandragem…

Mas os crimes em que precisam sentir prazer para ser cometidos, é algo doentio! E jamais deveriam ser usados como piada, ou como forma de ofensa!

E o estupro está dentro das casas! Histórias e mais histórias sobre pais, padrastos, tios, avôs, vizinhos, onde chegamos a conclusão em que os homens são estupradores em potencial! Sim!

Mas o que me assusta não é alguém que entenda isso! Que são doentes do corpo, da alma e até do espírito! Não me assusta quem abraça quem cometeu tais crimes, pois o abraço demonstra a diferença entre eles! Onde um estupra e mata, o outro abraça! O semelhante e não o crime!

O que me assusta são pessoas que sentem prazer em ver a punição sangrenta de outro semelhante, seja ele doente ou não! Seja ele merecedor da punição ou não! Seja ele culpado ou não! Seja ele o pior de todos os seres humanos ou não!

O prazer sentido por alguém, um sentimento de alivio, de suposta justiça, é o que me preocupa!

O tribunal de rua por exemplo, formado de pessoas comuns, para bater até morrer algum “criminoso” ou suspeito, ou apenas por diversão! O linchamento! Brutal, mas não é doença! É maldade!

Qual o parâmetro da justiça devemos usar? O meu? O seu?

Vejo nos últimos tempos que quem concorda com a tortura que fizeram vitimas em tempos de ditadura brasileira, odeia e quer a morte de um estuprador de criança! Mesmo sabendo que torturadores estupravam mulheres e homens, e às vezes a violência era na frente de seus filhos, e as estupradas eram obrigadas a dizer que estava tudo bem!

Jamais eu vou querer que sendo doente ou não, que não arque com as conseqüências de seus atos! Cada qual com seu cada qual!

Por mim, minha opinião!!! Podem morrer na cadeia, podem ser afastados do mundo e serem tratados, pode ter pena de morte (sou contra a pena de morte), pode cortar ele em mil pedaços ou jogar ele na rua para que pessoas o linche!

Mas eu não vou desejar a morte de ninguém! E não vou fazer parte do tribunal de rua! Não faz parte de quem eu sou! Não vou ficar feliz ao ver alguém sendo punido com a morte! Seja o crime que for! Pois na minha ideia, eu serei exatamente como aquele que eu abomino!

É maldade mesmo! Imorais pregando moral. Falam em justiça própria, sem razão, apenas na raiva do calor!

Sei que não existe “defesa” para o crime que eu considero o mais bárbaro que se possa ser feito ao próximo!

Mas não sou eu o quem perdoa ou condena! Não sou o justo!

Não me cabe e nem me permito desejar a morte de quem quer que seja!

Quem deseja a morte de outro é aquele que eu desejo ser diferente!

Repito! Não quero que quem estupra e mata deixe de arcar com as conseqüências!

Seja a morte pelos pais da vítima, seja um linchamento do tribunal de rua, seja pela lei da cadeia, seja pela pena de morte!

Mas eu! Não faço parte da promotoria, não sou o juiz e muito menos o carrasco!

E jamais serei como aquele que mata! Pois eu desejo é vida! Em abundância!

Parece bobeira dizer… Mas vivemos uma cultura de ódio!

Do extermínio àqueles que não concordam com a sua opinião!

E digo isso sobre a polarização, não existe mais um bom senso, pois são poucos os bons!

As feministas não querem mais equidade, querem a morte dos machos! E os machos dos “viados”, e esses querem a morte dos conservadores que querem a morte dos revolucionários, que querem a morte dos fascistas que querem a morte dos pobres, e os pobres quem ser ricos, para desejar que o pobre seja seu escravo!

A escravidão eu também acho uma atitude doentia! Contra um semelhante!

Cuidado! Estamos indo por um caminho sem volta!

Que a base de toda a lei, seja o amor!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here