Aquele verão

Todos fomos jovens um dia.

 

Passeios de verão, vinho de verão, férias de verão e brilho de verão.

 

Que época linda, que enche tantos com tanta vida, tantos planos feitos e tantos sonhos capturados durante esses meses mágicos do ano. Olhe para trás e o que você lembra, senão aqueles longos verões quentes, as aventuras que teve, os corações que se partiram e os mesmos que bateram forte no crepúsculo do solstício.

 

Ao contrário de qualquer outra época do ano, nunca esquecemos tal verão. Aquele verão que nos mudou, naquele verão que mudou tudo.

 

Noites quentes de verão ao entardecer, com magia no ar, todo cheiro, todo gosto, todos na mesma página. Os anos vão e vêm, cada um trazendo um novo verão para experimentar e muitos serão incríveis, mas muito parecidos com um primeiro amor que você só terá “naquele verão”.

 

Fomos todos jovens uma vez, somos jovens agora, e aquele verão está gravado em nossas almas e estará lá para sempre, um lugar seguro para olhar para trás, fechar os olhos e retornar ao verão sempre que puder, respirar o ar e sentir o calor sempre que sentir vontade.

 

Nossas memórias são belos presentes, mais inestimáveis ​​do que a maior pedra preciosa que o dinheiro pode comprar e sem duvida é o motor de nossa alma. Esse fogo queima porque está cheio de beleza e essa beleza vem daqueles tempos que significavam muito. Eles significavam muito naquele verão e agora significam tudo.

 

Durante esses tempos difíceis, pode parecer que o mundo mudou para pior, podemos enfrentar muitas lutas nos próximos anos, talvez tenhamos que mudar a maneira como vivemos nossas vidas para sempre, mas uma coisa que sempre teremos é o verão e o verão nos tem.

 

Mas aquele verão estará para sempre estampado em nossa alma.