Sindimed-MT cobra respeito da Prefeitura de VG com a classe médica

Após assembleia online com médicos servidores municipais de Várzea Grande, o  Sindicato dos Médicos do Estado de Mato Grosso – SINDIMED-MT vai acionar a prefeitura para que preste esclarecimentos sobre o  pagamento  irregular de plantões extras, verbas indenizatórias, horas extras e auxílio Covid.

“Nesse momento de pandemia, em que os médicos e outros profissionais de saúde estão na linha de frente, a prefeitura tem que ter o compromisso de pagar tudo que foi acordado como plantões-extras, adicional de insalubridade além das verbas indenizatórias não pagas. Não pode pagar quando quer. O médico também tem contas a pagar e trabalha para isso. Vamos acionar a prefeitura para que preste esclarecimentos e dar um prazo para honrar com seu compromisso. Visto que o médico está lá sem receber o auxílio Covid, mas não deixa de atender a população  e a sobrecarga de trabalho a que é submetido diariamente e nos plantões”, diz o diretor de Comunicação do Sindimed-MT Adeildo Lucena.

Na assembleia ocorrida nesta terça-feira(09) online, ficou definido que a categoria vai ficar em estado de assembleia permanente e encaminhar para o Ministério Público denúncias de faltas de equipamentos e déficit de leitos para internação de Covid-19.

“O médico está  honrando seu compromisso com a instituição e com os pacientes. O mínimo que se espera seria a decência da Prefeitura honrar o combinado com a categoria”, completa ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here