A metade de meu cotidiano é rotina!

Hands in yellow protective gloves washing a plate against rose background

“Todo dia eu só penso em poder parar. Meio-dia eu só penso em dizer não. Depois penso na vida pra levar. E me calo com a boca de feijão”… (Chico Buarque)

Grande Chico Buarque! Gosto mais da versão eletrônica do Dj Marcelinho da Lua e o Seu Jorge cantando! Muito melhor que a original. Na verdade eu nunca fui muito fã dele, acho ele chato, igual ao Nietzsche, são chatos que em suas épocas falavam coisas incompreensíveis para uns, e básico para outros! Para quem não gosta de seguir, mas pra quem gosta de andar junto!

 

Então meu cotidiano é ficar pensando e falando. Escrevendo e tentando achar um meio de fazer mais do que faço! De mudar as tais realidades que tanto falo! Assim passo meus dias e noites, meditando entre as funções que devo exercer na caminhada!

 

O trabalho diário? Esse eu robotizo! Coloco em modo automático! Não preciso pensar muito para exercer funções! Você aprende, depois executa, cria a repetição e pronto! A metade de meu cotidiano é rotina! A outra metade é o caos!

 

Tenho dó da minha esposa coitada! Ela me escuta e são vários absurdos infinitos, assim como me ajuda a ouvir o que eu penso! Que loucura!

 

Mas ainda bem que tenho ela pra me trazer sempre ao chão! Pois vou longe! Entro em conflito! Me da vontade de não existir, ou de fugir! De desaparecer!

 

Mas dai, eu pergunto: Onde viemos parar?

 

Crianças hipnotizadas desde o nascimento! Usando a tecnologia pra ficarem mais burras que seus pais!

 

Mundo de jovens com mentalidade esgotada, de velhos! Não na sabedoria! Mas na vontade de falar o que sabe! Mas não sabem de nada! Não tiveram vivencia, nem experiências, nem educação! Jovem conservador! Como assim?

 

Jovens apoiando racismo! É inacreditável! Inaceitável!

 

Poderíamos falar sobre o racismo! Mas não vou!

 

As vezes se calar é bom! Da pra ver muita estupidez em ângulos diferentes, dá pra ver quem está ao nosso lado!

 

Quando eu era moleque, eu nunca gostei de ir às aulas! Mas sempre gostei de estudar! De saber… De aprender! Pensar, saber os porquês!

Sempre pensei que isso fosse natural! Pois pra mim é! Sempre foi…

 

E muito do que eu aprendi, por procurar saber como é, hoje me deparo com a galera que estudou porque foram obrigados! Ou pelos pais! Ou pelo futuro! Pela grana!

 

Acreditando em quem cria mentiras! Teorias loucas! Teorias de conspiração…

 

Algo tão manjado, tão infantil, tão fantástico mundo de Bob! Que vai da frutífera mente de alguém que cria a teoria! E milhares que vão seguir uma imaginação de uma conclusão! Onde o ego voa alto ao pensar que descobriram segredos, tesouro do pirata!

 

Hoje, eu desconheço conhecidos! E começo a conhecer a realidade que está sendo negada!

A realidade que vem sendo escondida! Travestida da tal “opinião”!

A que todo mundo nunca gostou de saber, mas quis aprender pra ter conforto! E não saem dessa zona, mas acham que sua opinião é a verdade! Sem pensar! Ou pensando no automático! Tipo pensamento coletivo!

 

Estamos vivendo dentro do ódio de outras pessoas! No meio dos autoritários!

 

Jamais deixe que alguém te prenda em qualquer doutrina que seja! Nem padres, nem pastores ou mestres! Nem professores ou discipuladores! Nem comunistas ou fascistas!

 

Se existir qualquer regra de conduta que não seja baseada na sua própria escolha! Cuidado!

Se existe prevaricação, corrupção, acepção, preconceito… Cuidado!

 

Se não tiver amor! Não confie! Pois nada de bom sai de onde o amor não transborda!

 

E se for pra seguir! Siga Jesus! E jamais alguém que se compare a Ele… O libertário!

A liberdade que Jesus te dá é tão grande que você até pode, se quiser, dizer não a Ele!

 

Não seja um seguidor de homens!  De nenhum deles!

 

Aprenda a seguir seu próprio entendimento, e entenda o porque do bem ser melhor que o mal!

 

Aprenda a construir sem destruir, entenda o porque disso! Aprenda a entender o respeito ao outro, e respeite! Porque é o que deve ser!

 

Não porque eu digo que é certo! Pois não existe nem certo ou errado! Existe o que é e o que não é pra ser! Não seja o câncer! Se cure, cure outros!

 

Meu cotidiano é um prato, que não sabe o sabor que vai sujá-lo! Mas sempre pronto para a próxima aventura! A zona de conforto não faz parte!

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here