A mulher por trás de cada história

Digo, ao iniciar este texto que ela é muito mais do que uma mulher escritora, mineira, conservadora, tetraplégica como sua própria biografia no Instagram a traduz. E seu trabalho vai além do que podemos imaginar. Ele está envolto por gratidão ao País que habita, a tudo que pode descrevê-la dentro das riquezas vividas nessa encarnação.

Tatyana Zille, mora em Belo Horizonte (BH), e quer mostrar através do seu olhar peculiar, principalmente agora com a realização de lives que existe, segundo ela, “o ser humano que têm em cada livro, em cada poema, verso, a mulher por trás disso tudo”. Engana-se quem pensa que as lives que ela participa tiveram como objetivo inicial o fruto da imposição da pandemia. “Não vou dizer que o período não teve total influência, mas com a perda da minha cachorrinha fiquei afastada de muitas atividades. Por gerenciar uma página da rede social, meu amigo, ex YCD e diretor da Rede Globo, Fly Vagner me fez o convite para participar de uma,” conta.

Ela afirmou que não sabia como fazer, teve dificuldades com o celular. “Muitas pessoas acharam que a live havia sido idealizada por mim, mas diante disso surgiu a expectativa de outras possibilidades, assim como expandir para além de tudo isso e desmistificar a ideia de limitação do portador de deficiência como eu,” explica. Para a escritora, a sociedade coloca os portadores em uma caixa, sob paradigmas e não observa que ali tem um ser humano como qualquer outro, cheio de qualidades e defeitos.

De convidada para anfitriã

 O que era convite virou uma sequência de convidados com abordagens culturais, a priori. Na última terça-feira (20/10), ela realizou uma com o locutor, ator e cantor, Luiz Eduardo Schechtel. “As lives não são temáticas, vai de acordo com o convidado. Eu precisava iniciar este ciclo com o Luiz que eu conheço há mais de 25 anos, me deixa sempre à vontade. Eu sempre me preparo fazendo uma pesquisa sobre a carreira da pessoa, os projetos futuros, o que ela queira conversar,” disse Tatyana. A próxima live acontecerá no dia 10/11, com o músico competente, Matheus Félix, que também é de Belo Horizonte.

Terceiro livro para lançamento

Autora dos livros “O Jardim Suspenso” e “Rosas e Chocolate”, ela prepara o lançamento do terceiro livro que será de poesias em homenagem à Minas Gerais. “Bom, ele será o que penso para o próximo lançamento já que os detalhes que estão faltando são de capa, visuais, mas tenho de 5 a 6 engavetados para lançar,” ressalta.

Com as lives que tem programação até dezembro ela aprendeu a fazer algo novo. “Abri o leque do Instagram e não falo somente de literatura agora. Quero ajudar o meu País com este gesto de agradecimento quando reencarnei aqui. Quero mostrar pelo conteúdo delas que tudo engloba o ser humano, a mulher que sou com toda a responsabilidade com o mundo. E abrir para que as pessoas possam enxergar não somente a limitação a qual eu vim, mas a mulher patriota que ama seu País,” finaliza. Para quem deseja conhecer seu perfil e participar das lives, acesse: https://www.instagram.com/tatyanazillebr_esc/

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu tive a honra e prazer de ao lancamento do livro “Rosas e Chocolate” . Mulher determinada, valente, auciosa, talentosa e aguerrida.Nao parou no tempo vendo a vida passar. Foi a luta e mostrou o quanto ela pode, com a sua forca e coragem. Sou dessa moça. Voe Taty, so congecem o sucesso, os valentes iguais a você

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here