Bougainville e Clínica Péli promovem ação solidária com distribuição de máscaras

Confecção das máscaras (Foto Divulgação)

Campanha colaborativa reúne time de parceiros em prol da solidariedade e da prevenção à Covid-19

Goiânia, abril de 2020  – Os esforços para conter a Covid-19 em todo o Brasil estão mobilizando cada vez mais pessoas, empresas e entidades em prol de gestos solidários que possam fazer a diferença nesse momento de crise. Recentemente, o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, orientou toda a população a utilizar máscaras, mesmo as pessoas sem sintomas da doença, visando diminuir a disseminação do vírus. Diante desse cenário, o Shopping Bougainville e a Clínica Péli, comandada por médicos dermatologistas que estarão na linha de frente do combate ao coronavírus em Goiânia, desenvolveram uma ação colaborativa que propõe a distribuição de máscaras de algodão em incentivo à doação de cestas básicas para a UniãoGO, iniciativa que beneficia famílias carentes em situação de vulnerabilidade com a pandemia do coronavírus.

Por meio da campanha, o cliente que comprar uma cesta básica, no valor de R$ 49,90, no Empório Piquiras do Bougainville, aberto todos dias das 7h45 às 19h, receberá um kit com três máscaras. Os itens personalizados são produzidos em algodão pelas profissionais da cooperativa de bordadeiras Bordana, com tecidos doados pela Livraria Nobel. Os três estabelecimentos, localizados no mall, abraçaram a causa e se uniram para tornar a ação possível. “A ideia dessa iniciativa é reforçar a importância da união durante esse período de crise. Em colaboração, unidos, somos muito mais fortes para fazer o bem e ajudar quem mais precisa”, afirma a gerente de marketing do shopping, Andreia Alves.

Cuidados

Vale ressaltar a importância do cuidado com as máscaras caseiras para uso diário, como instruem o ministro e infectologistas. A recomendação é que as máscaras de algodão sejam utilizadas por aquelas pessoas que não têm sintomas, deixando as máscaras descartáveis e cirúrgicas para pacientes sintomáticos e profissionais de saúde. O ideal é que, ao sair a pessoa leve duas máscaras, juntamente com um saquinho plástico, que será usado caso a pessoa necessite substituir a máscara, e para que a em uso seja guardada até a sua lavagem em casa.

É preciso higienizar as mãos antes e depois de colocar a máscara; não se deve levar as mãos à máscara durante o uso; a mesma deve cobrir boca e nariz, ajustada adequadamente ao rosto; para retirá-la, deve-se pegar nos fios laterais, nunca na frente; a higiene da máscara deve ser feita com sabão ou solução sanitária, deixando-a de molho por 20 minutos. As máscaras caseiras não devem nunca ser compartilhadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here