Campanha Maio Amarelo

Multas por excesso de velocidade chegam a 79% do total de infrações cometidas no primeiro mês de quarentena

Goiânia, maio de 2020 – A Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT), em respeito aos decretos estaduais e municipais de prevenção à Covid-19, não fará ações nas ruas e escolas, na edição 2020 da campanha “Maio Amarelo”. Com o tema “PERCEBA O RISCO. PROTEJA A VIDA”, a campanha deste ano tem foco em ações nos meios digitais.

Alerta

Como parte desta campanha, a SMT, faz um alerta importante ao motorista goianiense: as multas por excesso de velocidade, na capital, chegaram a 79% do total de infrações cometidas no primeiro mês de quarentena. “Em alguns pontos da cidade, onde a velocidade máxima permitida é de 60 km/h, flagramos motoristas a mais de 100 km/h. Isso é gravíssimo, não só por colocar a própria vida em risco, mas também por colocar em risco a vida de outras pessoas, ou em casos menos graves, congestionar, ainda mais, o sistema público de saúde já tão castigado neste tempo de pandemia”, comenta Fernando Santana, Secretário Municipal de Trânsito.

DADOS

 

PERÍODO

 

Nº DE MULTAS

Nº DE MULTAS EXCESSO VELOCIDADE  

PORCENTAGEM

De 15/02 a 15/03 67.871 43.802 64%
De 16/03 a 16/04 42.760 34.070 79%
De 17/04 a 03/05 (parcial) 11.857 9. 292 78%

As penalidades, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) são classificadas de três formas:

  • Velocidade superior à máxima em até 20%: multa média, 4 pontos na CNH e R$ 130,16 em multa.
  • Velocidade superior à máxima em mais de 20% e até 50%: infração de trânsito grave, 5 pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 195, 23.
  • Velocidade superior à máxima em mais de 50%: infração gravíssima, 7 pontos na CNH, R$ 293,47 de multa com multiplicador e suspensão do direito de dirigir.

Campanha Nacional – O Maio Amarelo é uma campanha de conscientização sobre segurança no trânsito. Sua primeira edição ocorreu em 2014. Ele foi criado com base em uma resolução da Assembleia-Geral das Nações Unidas, em maio de 2011, que definiu o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here