Janeiro Branco: veja como diminuir os sintomas de ansiedade por meio da alimentação

A Boa Terra listou alguns alimentos que ajudam a tratar os sintomas

 

O ano começa com a campanha Janeiro Branco, criada para chamar a atenção aos cuidados com a saúde mental, ao mesmo tempo em que é promovido uma maior compreensão sobre temas como depressão, ansiedade e fobias. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), o Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo, totalizando 18,6 milhões de brasileiros (9,3% da população) com o transtorno.

São inúmeras as causas que podem influenciar o aparecimento dessas doenças, mas em um ano tão atípico, podemos destacar a preocupação com a pandemia de covid-19, instabilidade econômica e outras questões pessoais e familiares que podem afetar o psicológico. Mas como a alimentação pode diminuir os sintomas? Embora não exista uma lista que possa “curar” alguns alimentos podem ajudar a aliviar os sintomas, como é o caso de frutas e verduras com vitamina C,  como kiwi, limão, laranja, brócolis e couve. Esses alimentos podem diminuir o cortisol – que está diretamente atrelado ao estresse e pode causar picos de instabilidade. A Boa Terra listou alguns alimentos que ajudam a tratar os sintomas. Confira a seguir:

Abacate

A fruta é repleta de nutrientes, além de ter vitamina B6 e magnésio, uma poderosa combinação que ajuda na produção de serotonina, responsável pela sensação de bem-estar no corpo. O abacate pode ser consumido em pequenas fatias ou incluindo em saladas e smoothies balanceando as fibras e as gorduras saudáveis em uma dieta.

Frutas vermelhas 

As frutas vermelhas são ricas em antioxidantes e contribuem para eliminar substâncias que causam danos às células o que, consequentemente, combate o envelhecimento e muitas doenças.

Banana

Comum em todas as partes do Brasil, a banana é fonte de triptofano,  precursor de um neurotransmissor chamado serotonina, responsável por regular o humor, sono, apetite e outras funções cognitivas. A presença de potássio também contribui para o fortalecimento do sistema nervoso e o controle do estresse.

Vegetais

Alface, espinafre, acelga e aspargo não podem ficar fora da lista de mercado. Esses alimentos apresentam boas doses de ácido fólico, uma potente vitamina que é considerada um antidepressivo natural.

Camomila

A planta que é muito usada para chás, apresenta propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e antioxidantes. Além de todas essas propriedades benéficas para a saúde, a camomila também exerce um efeito relaxante e combate os sintomas da ansiedade.

Importante comentar que o aconselhamento psicológico é o mais indicado para tratar o transtorno da ansiedade. Sessões com a ajuda de psicólogo podem ajudar a identificar a origem do problema e como controlar.

Entrega delivery

A Boa Terra produz e comercializa de forma orgânica frutas, legumes e verduras. Há também produtos de mercearia e de primeira necessidade como arroz, feijão, café e azeite; e variedades, incluindo carnes, ovos e laticínios. As cestas são entregues na modalidade delivery quando encomendadas pelo site.  O cliente ainda pode personalizar ou escolher a sugestão do sítio (R$ 36 a R$ 124) – assinaturas semanais custam de R$ 50 a R$ 163 reais. As encomendas podem ser feitas diretamente no site (www.aboaterra.com.br/). No Instagram,o cliente pode matar a curiosidade de como é a rotina de produção orgânica.

Sobre A Boa Terra:

A Boa Terra é pioneira na agricultura orgânica no Brasil e na entrega de cestas orgânicas na porta de casa. Em 1981 os fundadores Joop e Tini seguiram o sonho de uma sociedade e agricultura mais justa, respeitando o equilíbrio com a natureza, e o homem que produz e que se alimenta da terra. Tudo isso em uma época que a grande maioria das pessoas não sabia, nem nunca tinha ouvido falar o que era um alimento orgânico. Atualmente, centenas de famílias são atendidas por semana na grande São Paulo, Ribeirão Preto e cidades mais próximas ao Sítio.