Loteadoras atingem 488 unidades vendidas em 30 dias com três lançamentos no Sul

Ultimo empreendimento, com 247 lotes, foi comercializado em 59 minutos na semana que antecedeu ao Natal

Campinas – Ao contrário de diversos segmentos que registraram queda nos negócios ao longo do ano, o setor imobiliário vem contabilizando alta nas negociações por conta da mudança de comportamento, perfil de vida dos brasileiros e a queda das taxas de juros. De janeiro a outubro, em plena crise, o mercado imobiliário teve crescimento de 20,5% em volume de lançamentos, de acordo com Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), atingindo níveis pré-crise.

 

Um indicador do bom momento que vive o mercado neste ano são os resultados obtidos pela parceria formada no ultimo trimestre de 2020 entre as loteadoras Nova Cipasa e a gaúcha Cotiza. Em seu primeiro mês de atuação, a Joint Venture resultou em três lançamentos de alto padrão no Rio Grande do Sul no mês de dezembro, com um total de 600 unidades, totalizando R$ 129 milhões em Valor Geral de Vendas (VGV), das quais 488 foram comercializadas.

 

Os dois primeiros produtos foram o condomínio de terrenos Joy Cantegril (60% reservado ainda no pré-lançamento), em Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre,e o condomínio de alto padrão Pedra Hiding Place, na beira da praia de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul, 100% reservado em uma semana. O caso mais recente foi o Joy Xangri-lá, em Xangri-lá, também no litoral do Rio Grande do Sul. Os 247 lotes, totalizando R$ 45 milhões, foram 100% reservados em apenas 59 minutos na segunda-feira, dia 21 de dezembro, resultado de uma força tarefa formada por mais de 400 corretores.

 

Segundo o presidente e sócio da Cotiza, Rodrigo Bernardi, a velocidade de vendas dos três primeiros produtos foi surpreendente, em especial o Joy Xangri-lá. “Trabalhávamos com uma expectativa de vendas para 90 dias. Termos reservados todas as 247 unidades em apenas 59 minutos foi algo impressionante”, conta.

 

Para Rogério Riquelme, Diretor Executivo da Nova Cipasa, alguns fatores têm contribuído para alavancar os negócios ao longo do ano não apenas no Rio Grande do Sul, mas como em todo o Brasil. “Os compradores estão em busca de produtos diferenciados, com boa localização, preço justo e que tragam novidades. Quando você reúne todos estes atributos, mais a experiência de um parceiro local, como a Cotiza, e o empenho da equipe de vendas, como a que movimentamos com mais de 400 pessoas, a aceitação é muito grande”, explica.

 

O quarto empreendimento resultante da Joint Venture entre Cipasa e Cotiza chega ao mercado no primeiro trimestre de 2021: o Happy Caminho do Meio, em Viamão, com 124 unidades e VGV de R$ 13 milhões. “Nosso planejamento para o Sul em 2021 prevê lançamentos de R$ 400 milhões, gerando milhares de empregos diretos e indiretos no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná”, lembra o Diretor da Nova Cipasa.

 

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Eduardo Machado, sócio diretor da Nova Cipasa, disse que este primeiro modelo de parceria regional estabelecido com a Cotiza no Sul do Brasil se mostrou extremamente acertado, como mostra a velocidade e sucesso das vendas. “Um dos grandes erros de todas as loteadoras, inclusive o nosso em anos anteriores, é querer administrar um loteamento de fora de sua região”, disse. “Entendendo que loteamento é uma questão muito regionalizada, cada região imprime um modelo de negócios. A aprovação, comercialização, estilo de obra e execução são completamente diferentes, ainda mais em um Brasil com uma dimensão continental”, explica.

 

Eduardo Machado diz que um dos planos estratégicos da Nova Cipasa é disseminar este modelo de parceria para todos os estados. “Estamos buscando parcerias semelhantes como a da Cotiza em todo o Brasil, de empresas parceiras que possam nos dar um pouco de experiência local. As empresas locais conhecem todo o âmbito municipal, estadual e ambiental que podem nos favorecer em uma aprovação mais rápida e melhor, além da parte comercial, ao conhecerem toda a logística de corretores e imobiliárias, além da nome local”

 

Neste sistema de parceria, a Nova Cipasa entra com sua experiência de mais de 20 anos de mercado, presença em 23 estados, além de governança, know holl, sistema financeiro e jurídico da melhor forma pra viabilizar os empreendimentos, enquanto as empresas locais oferecem a expertise local e o gerenciamento.