Musa Fitness sofre nova modalidade de golpe digital

Advogado especialista em cibercrimes explica as providências que devem ser tomadas para evitar prejuízos

Todos os dias nos deparamos com notícias sobre golpes digitais, sempre com a intenção de obter dinheiro com essas fraudes. A mais nova vítima de golpe digital é a modelo e influencer mineira Adriana Santiago, que tem quase meio milhão de seguidores no Instagram e está tendo muitas dores de cabeça por conta de uma nova modalidade de fraude que vem se tornando comum.

A influencer ficou sem sinal de internet e dirigiu-se a loja da operadora de seu celular no Rio de Janeiro, onde constatou, que um funcionário da própria empresa teria passado seu número de chip para outra pessoa. O criminoso, com o número do celular de Adriana, passou a ter acesso a suas contas em redes sociais e seus e-mails, inclusive alterando as senhas e impedindo-a de acessá-las.

O advogado da modelo, Francisco Gomes Junior, especialista em cibercrimes e direito digital, afirma que “fraudes como a relatada deixam rastros. É possível que a própria empresa, através de logins consiga identificar quem realizou as operações e constate o golpe”.

Com acesso a todas as contas vinculadas ao número celular, foram tentadas fraudes bancárias e no cartão de crédito da modelo, que conseguiu bloqueá-las a tempo. Além de todo o susto e stress que sofreu, Adriana ficou sem acesso a sua conta no Instagram, o que vem lhe causando prejuízos, além de estar preocupada que os hackers peçam empréstimos ou transferências para seus contatos.

 “Inicialmente devem ser tomadas as providências para controlar a fraude, com bloqueios bancários e deve ser comunicada a autoridade policial, realizando-se o Boletim de Ocorrência. Depois, com a apuração do que ocorreu será possível atribuir responsabilidades e tomar as medidas judiciais necessárias para reparar o prejuízo”, explica o especialista, que é presidente da ADDP (Associação de Defesa dos Dados Pessoais), onde atua junto ao consumidor na defesa de proteção de dados pessoais no mundo digital.

“Todo cuidado é pouco. Devemos ficar sempre alertas pois os mais variados tipos de golpes se multiplicam a cada dia”, finaliza Francisco.

 

*Francisco Gomes Júnior – Advogado Especialista em Cibercrimes e Direito Digital. Presidente da Associação de Defesa de Dados Pessoais e do Consumidor (ADDP). Coautor da obra “Contratos Empresariais em nossos Tribunais”. Instagram: fgjr