O mistério por trás do Sucesso

Cássio Rosa

Um homem de poder!

Sucesso

Tem uma frase do médico e filósofo alemão Albert Schweitzer que diz: “O sucesso não é a chave para a felicidade. A felicidade é a chave para o sucesso. Se você ama o que faz, você será bem sucedido”.

Pensando nisso em se fazer o que se ama, trago este artigo para confirmar que realmente quem faz o que ama conquista sucesso.

Por isso, convido você a ler este artigo e a fazer uma reflexão sobre o seu comportamento e resultados atuais, além de conhecer a história de vida de uma pessoa de sucesso. O objetivo com isso é identificar quais qualidades você já possui e também quais são as competências técnicas, emocionais e comportamentais que ainda precisa desenvolver para aumentar suas chances de chegar lá.

Vale lembrar que o conceito de sucesso é algo bastante subjetivo e apenas você pode descobrir o significado disso em sua vida, de acordo com o que acredita e com seus sonhos e objetivos. Embora o estereótipo de sucesso para muitos esteja ligado a dinheiro e fama, isso não significa que deva ser assim para ti. Busque se conhecer e saberá encontrar as respostas em seu interior, para que baseie em seus valores e não na opinião de terceiros.

Uma pessoa de sucesso, afinal o que é isso? Bora dar um passeio pela vida de um dos maiores, para não dizer o maior perito criminal do Brasil?

Cássio Rosa é uma pessoa que nasceu no interior de São Paulo, na cidade de Jales, uma cidade que hoje tem cerca de 50 mil habitantes. Nascido em 1965, teve uma infância feliz, sempre gostou muito de estudar, o que fez até o final do ensino médio em escolas públicas da cidade.

Desde cedo percebi uma tendência pela área das ciências e acabei escolhendo cursar Geologia após ter passado em três vestibulares em universidades federais, escolhendo a UnB (Universidade de Brasília) iniciando meu curso em 1984. Após 5 anos, comecei a trabalhar em uma empresa multinacional na área de prospecção mineral e após dois anos de trabalho nessa área, optei por um concurso público para a função de Perito Criminal na Polícia Civil do Distrito Federal, uma vez que a formação em Geologia me permitia o acesso a esse concurso.

Após essa guinada em minha carreira, iniciei minhas atividades como perito criminal, onde alcancei a minha maior realização profissional. Foram 23 anos no Instituto de Criminalística do Distrito Federal tendo trabalhado em diversos setores, mas em especial na área de crimes contra a pessoa e na área de documentoscopia.

Chegada a aposentadoria no serviço público segui meus projetos para poder atuar como perito particular, consultor forense, assistente técnico em processos judiciais nas áreas cível e criminal e perito do juízo, além de prosseguir com atividades de docência, as quais já me dedicava desde o início da minha carreira como perito.

Atualmente estou envolvido ainda em um projeto com cursos de pós-graduação a nível de especialização e sou instrutor de uma empresa multinacional que atua na área de equipamentos forenses de documentoscopia. Esse sou eu.

Creio que os desafios foram sempre aqueles associados a cada passo dado na construção de uma carreira. É preciso também pensar o que cada um de nós considera o sucesso. Ter sucesso não significa necessariamente alcançar uma auto suficiência e uma segurança financeira. O sucesso passa também pela compreensão da nossa importância dentro do grupo de profissionais dentro da área que escolhemos fazer parte. Passa ainda pela sensação do dever cumprido e pela satisfação de procurar aliar o que se faz, com a felicidade em fazê-lo. Pensando dessa forma, acredito que foram muitos os desafios: as horas dedicadas ao estudo e ao aprendizado, a superação nos momentos de enfrentamento às pequenas crises que inevitavelmente acontecem, o que me faz acrescentar que a construção de uma carreira de sucesso esteja relacionada também a capacidade de superação e a crença de que se pode fazer sempre o melhor dentro daquilo que nos propomos a fazer.

Me sinto realizado porque quando olho para o passado consigo perceber entre o lado positivo e as eventuais dificuldades a balança pendendo de modo muito claro para o lado positivo! Me sinto realizado por ter atingido um estágio no qual percebo o reconhecimento daqueles que compartilham a mesma área de atuação.

Quando me perguntam se ainda quero mais, tenho plena convicção de que aquele que nada mais deseja como realização não existe! Está morto! Sim eu desejo muito mais! Eu desejo contribuir enquanto puder para o desenvolvimento da área que escolhi.

O que fica para vida!!!

Deixo inicialmente uma mensagem de otimismo e uma mensagem de que todas as nossas conquistas dependem sempre de muito esforço, mas é muito importante também lembrar de duas palavras que nunca devem ser esquecidas: ética e honestidade.

Se você pretende buscar uma realização profissional, faça dos seus sonhos a motivação para caminhar no dia a dia. Lembre-se que para atingir o topo de uma escadaria é preciso ter vencido o primeiro degrau. O importante é caminhar!

Busco dinheiro para me sustentar e adquirir coisas que necessito e experiências que só ele pode comprar. Mas isso é um processo. Não se encerra em um objetivo em si, que após alcançado… o que vem depois? E como se mede isso? Como alguém se define finalmente como uma pessoa de sucesso? Viu como é subjetivo?

Enfim este é um homem de sucesso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here