Rose, a Doméstica do Brasil” 

Um sucesso nos palcos e também nas redes sociais, o espetáculo “Rose, a Doméstica do Brasil”, estrelado pelo ator e humorista Lindsay Paulino é pra aliviar as tensões e cumpre muito bem seu papel.

A personagem de Lindsay pode parecer algo batido, afinal homens interpretando mulheres, empregada doméstica do interior, com forte sotaque, e falar do cotidiano não é nada inédito. Porém, sua criação genuína conquistou pelo diferencial de ser uma doméstica exclusivamente gay.

O fato é que o público LGBTS é o grande responsável pelo sucesso, mas não é difícil qualquer pessoa se identificar e reconhecer a Rose em pessoas próximas. Ela agrada sem dúvida a todos os públicos.

A peça conta a história de Rose, uma empregada doméstica que enfrenta os problemas que profissionais do lar sofrem no dia a dia. Além de trabalhar na casa de outras famílias, ela enfrenta uma dupla jornada ao ter que se preocupar com marido e filhos, além da manutenção da própria casa.

Dirigido por Adriana Soares, que arranca do ator tudo que ele pode nos proporcionar em cena e faz com que entre uma espanada e outra, Rose divida seus sonhos e mundo conosco.

Um espetáculo leve, que nos faz admirar ainda mais esse talentoso ator que tem enorme capacidade de entreter e fazer rir, coisa que tanto necessitamos nos dias atuais.

A personagem divide com o público situações que viveu durante a vida, como infância, desilusões amorosas, trabalho e a sua idolatria pelo cantor Amado Batista.

As inserções de canções parodiadas dentro do espetáculo foi mais um acerto, afinal a fama veio daí. Com preparação vocal de Beto Sorolli e coreografias de Alberto Venceslau e Andressa Corso, Lindsay consegue arrancar gargalhadas, não só pelo fato de que todo mundo já arrumou casa ouvindo, cantando e dançando uma música, mas também pelos movimentos caricatos, sua marca registrada.

Uma personagem tão carismática que muitas das vezes parece que já a conhecemos, com uma narrativa simples e muito descontraída e gostosa de ver. Veja no conforto do seu lar, já que temos que ficar em casa, fiquemos com Rose!