Sei que muitos não querem acreditar que estamos enfrentando algo que acontece de tempos em tempos!

Combine harvesting wheat field.

Pandemônio!

Digo… Pandemia!

Conseguimos como seres humanos criar doenças, criamos um vírus! Temos um vírus altamente contagioso e que em uma porcentagem pequena causa a morte do infectado! Mesmo que uma pequena porcentagem seja milhares de pessoas, que são avôs, pais, tios, irmãos, filhos…

Mas que para alguns em condições diferentes daqueles que apenas não sentem nada! Esses encontram a morte! Muitos dos sobreviventes em estado grave ainda não sabem as reações a longo prazo! Mas a curto prazo eles adoeceram e padeceram durante a doença criada pelo vírus!

O mundo parou! Conspirações ganharam fama! Desinformação ficou comum! No mundo comum todos viraram cientistas! E os cientistas viraram agentes da tal “Nova Ordem Mundial”.

O que aprendi com gente inteligente, foi o de me imunizar! De me alimentar corretamente, tomar vitaminas, cuidar de fortalecer minha saúde!

Continuei trabalhando! Mas diminui minhas saídas de casa!

Sigo os protocolos, máscara nos transportes públicos e lojas, mercados!

Não estou saindo nem para um templo e nem para um bar! Nem visitar minha família estou! Mesmo que os visitei algumas vezes durante o ano! Bem menos do que eu gostaria! Bem mais do que eu deveria!

Fiz até viajem na aqui dentro do país! Até agora sobrevivi, até agora não adoeci! Não vi mortes de perto, só de ouvir falar!

Mas não neguei a existência dos ceifeiros! E nem o estudo da ciência! E nem quis culpar ninguém, pois acredito que não é hora disso, foi um ano diferente para uns e está sendo normal para outros!

Mesmo que alguns neguem a vacina, sei que ela veio para ajudar!

Por mais que 2020 fora um ano atípico, foi mais um ano de divisões! Muitos se tornaram solidários, outros se mostraram indiferentes!

Foram as faces se mostrando o que são por dentro! E isso já vem acontecendo nos últimos anos! A divisão do mal que diz combater o mal, e do bem! Que é a única alternativa entre direita e esquerda! Os extremistas limitados em inteligencia!

Mas não dá nem pra tentar explicar, os maus escolheram mostrar quem são! Os bons continuaram a ser quem sempre foram! Quando a guerra começou, os de bem, os bons, se levantaram para agir! Para proteger, alimentar, ajudar!

Creio que o trigo nunca precisou se esconder dentro do joio. Mas o joio sim!

E são estes os momentos da colheita!

Em minhas orações, pedi para que os meus fossem cuidados! Amigos, conhecidos, minha família aqui, o restante no Brasil e tios e primos espalhados pelo mundo, nome por nome, peço cuidado pros filhos dos primos e até para os netos do meu único primo avô! Peço cuidado para os que me ajudam na jornada diária, como meus vizinhos e os meus senhorios! Como o locador do meu lar aqui nessa terra estrangeira! E o pessoal que prestamos serviço, e que com esse salário nos sustentamos desde que chegamos aqui e até agora! Não esqueço nem os “malas”!

Dentro do cuidado que peço a Deus, peço também proteção e sabedoria!

Peço que seus desejos se realizem! Se for da vontade de Deus claro…

Já que quem se ajoelha sou eu, peço como quiser! Ou como me é dado! Pois é o mesmo que desejo pra mim… Não desejo dinheiro ou riquezas, não peço destaque entre os outros, peço, paz, peço alegria, peço satisfação! A mim e aos que comigo convivem!

Em minhas orações peço outras coisas que não vou dividir aqui!

Gostaria de ter o perdão de quem eu ofendi um dia, gosto de perdoar quem me ofende!

Perdoar é muito bom! Aprendi essa dádiva há alguns anos e é uma ação que muda meus dias! Aprendi com Jesus, na cruz!

E depois de pedir lembrando dos rostos de pessoas próximas, tento estender minhas orações aos que não conheço! Aos que passam fome nas ruas, aos que se viciaram em drogas e saíram de suas famílias, me lembro dos bandidos encarcerados, não me lembro dos crimes, me lembro dos meus irmãos! Dos idosos abandonados, das crianças violentadas, das esposas que apanham, tento imaginar os que vivem, para que eu possa pedir ao Pai, que cuide delas, ou que coloquem alguém para acolhe-las! Peço para que sejam os pequenos cristos! Mas os verdadeiros são tão poucos!

Então! Hoje eu oro a Deus pra que vocês, todos! Sejam abençoados por Deus! Assim como eu me sinto abençoado! Que ganhem todos os dias a sabedoria de ter a satisfação de poder estar vivo!

Que sejam cada dia mais gratos por terem o poder de amar! Uns aos outros!

Mesmo que os outros sejam diferentes de você! Que se os pensamentos deles forem diferentes! Que Deus lhe faça os entender! Que haja paz!

Que ao se sentir incomodado, saia você!

Que você aprenda a ceder mais! A se render! Para que a guerra dentro de você acabe!

Que encontrem a liberdade! Que entendam a responsabilidade!

Que sejam como Jesus mandou ser! Não como Ele! Mas como o Pai é!

É pra se cuidar, para cuidar dos outros!

(E.A)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here