Soraia Mendes ministra curso de processo penal feminista em plataforma digital

A Professora e advogada Soraia Mendes, estará ministrando nos dias 12, 13 e 14 de maio o curso PROCESSO PENAL FEMINISTA.

Segundo Soraia Mendes, este curso se destina aos atores e às atrizes do sistema de justiça criminal (Magistratura, Ministério Público, Advocacia e Defensoria Pública), à docentes das áreas das Ciências Criminais e também de estudantes, muito especialmente àqueles e aquelas que se dedicarão aos próximos exames da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB e a concursos públicos.

*Soraia Mendes – Doutora em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília – UnB

O curso tem como objetivos a produção e a valoração da prova em crimes sexuais que serão, por exemplo, pontos altos no que toca ao depoimento especialmente da mulher; à admissibilidade do exame de corpo de delito psicológico; e ao reconhecimento do caráter unitário das narrativas das vítimas – a vítima coletiva – em casos de crimes sexuais cometidos por autoridades profissionais ou religiosas. Também serão abordados a assistência à vítima como sujeito processual sui generis; o inquérito policial e o feminicídio de Estado.

Quanto ao nome curso PROCESSO PENAL FEMINISTA, Soraia Mendes, diz que se justifica porque é um curso baseado na obra Processo Penal Feminista, fruto de sua tese de pós-doutorado em Teorias Jurídicas Contemporâneas na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

“E tal como a obra, o curso é destinado a (re)pensar a teoria e a prática do processo penal mediante o reconhecimento das experiências das mulheres como produtoras de saber e, também, como sujeitos que vivenciam as marcas do “ser mulher” como vítima, ré ou condenada.

Trata-se de um profundo conjunto de reflexões teóricas mediante o qual apresento teses inovadoras destinadas a contribuir no dia a dia dos atores e das atrizes do sistema de justiça criminal brasileiro”, acrescenta Soraia Mendes.

Conteúdo programático do curso:

  1. Processo penal e novas epistemologias
  2. Produção e Valoração da Prova

– Depoimento especial da ofendida

– Vítima coletiva em casos de crimes sexuais cometidos por autoridade profissional ou religiosa

– Prova pericial nos crimes sexuais

  1. Sujeitos Processuais

– Assistência à vítima como sujeito processual sui generis

  1. Inquérito policial e o feminicídio de Estado

As vagas são limitadas e as inscrições podem ser realizadas no linK:

https://www.vozesestudosepesquisas.com.br/

*Soraia Mendes é Pós-Doutora em Teorias Jurídicas Contemporâneas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.
– Doutora em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília – UnB.
– Mestra em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.
– Professora Associada do PPG Mestrado e Doutorado em Direito do Centro Unificado de Brasília – UniCeub.
– Professora da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie.
– Consultora da Comissão Nacional de Direitos Humanos do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.
– Ex- coordenadora nacional do Comitê para América Latina e o Caribe de Defesa dos Direitos das Mulheres – CLADEM, nas gestões (2016-2018 e 2018-2020).
– Autora de diversas obras, dentre as quais “Criminologia Feminista: novos paradigmas”, “Processo Penal Feminista” e “Pacote Anticrime: comentários críticos à Lei 13.964/2019”.
Sócia-diretora do Escritório Soraia Mendes & Advogadas Associadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here