TEM ALGUÉM QUE NOS ODEIA

Um drama de suspense, de Michelle Ferreira, que foi lançado em 2013 com as atrizes Bruna Anauate e Ana Paula Grande, dirigidas por José Roberto Jardim, mostra uma exótica forma de apresentação.

Já o início, em outra língua, gera certo desconforto pelo fato de não entendermos o que dizem…mas aos poucos tudo vai se explicando de algum modo, nada muito claro, e a proposta é essa mesma.

Um espetáculo que sublinha o teor político sobre a homofobia em detrimento da leitura simbolista e vem repleto de subtextos da montagem original.

Nada é o que parece e a confusão tem seu charme. Depois de uma longa temporada no exterior, Maria (Mariana Mantovani) traz Cate (Maíra De Grandi), sua companheira, para morar em um apartamento no centro de uma metrópole brasileira.

O texto nos conduz a um caminho e depois de alguns minutos entendemos que o perigo real mora a alguns andares da casa delas. Pichações na porta e bilhetes anônimos liquidam com a estabilidade da dupla e instauram uma sensação de pânico crescente.

A diretora explora muito bem as atrizes em um trabalho corporal que foge do óbvio para retratar a tensão que envolve o casal. Fica realçado o absurdo da situação vivida e a incompreensão da sociedade em torno de duas pessoas que só buscavam um pouco de sossego. Complexo e interessante, também indico como boa opção de fuga da nossa realidade tensa e triste. Uma peça que nos leva além…enquanto a vacina não vem.

 

*Este espetáculo pode ser visto pelo site: www.espetaculosonline.com/adulto